Excessivamente magra, cadela luta pela vida e enche de beijos seus veterinários

Foi em condado de Johnson no Kansas, que uma família se deparou com um cachorro que de tão fraco e magro, não ficava de pé sozinho.A cadelinhaencontrava-se tão adoentada que seus bens feitores ficaram na dúvida se ela seria capaz de sobreviver.

Com o objetivo de proporcionar ao cão uma tentativa de lutar, a família a conduziu até um veterinário localizado em MissionCare. No local, a equipe de imediato levou o cãozinho para a unidade de terapia intensiva.

Incrivelmente, mesmo após passar por todos os horrores e abusos, a cadela que estava com as costelas visíveis por conta da magreza, encontrava-se feliz e afetuosa.

A equipe veterinária ficou admirada ao ver a pequenina querendo amar e beijar a todos.

PawsitiveTailsDogRescue e o hospital veterinário se juntaram com a finalidade de ajudar a cadela adquirir cuidados e não deixar os agressores levarem a melhor.

Uma atualização no facebook diz que o nome do cachorro é Brighe. O resultado do exame de sangue é ruim, com a possibilidade de piorar e ultimamente ela não tem se alimentado direito. Para tanto, os planos são mantê-la internada. Alimentá-la e lutar para zelar pela vida da cadelinha. O significado do nome Brighe é “força e poder” em irlandês, que é o que está decidida, batalhadora canina que tem no íntimo de sua alma.


PawsitiveRescue publicou em seu facebook que: “A realimentação de cães que estão nessa condição crítica deve ser feita com muito cuidado, devagar e é muito perigosa”.

Postar um comentário

8 Comentários

  1. Um ser desprezível como esse dono deveria ser condenado a passar maus tratos igual fez a cadela. Não merece estar vivo.

    ResponderExcluir
  2. Como alguém que se diz humano,deixa um animalzinho indefeso desse estado? Chorei quando vi, é muita crueldade com eles que têm amor incondicional pelos humanos.😢😢😢😢

    ResponderExcluir
  3. Muito triste quem fez isto a ñ merece viver☹

    ResponderExcluir
  4. Muito triste quem fez isso não merece viver

    ResponderExcluir
  5. Por isso não confio e nem gosto muito de gente, com poucas exceções. Gosto mesmo é de bichinhos.

    ResponderExcluir
  6. Alguém sabe o final dessa história? Ela sobreviveu?

    ResponderExcluir
  7. Chorei em ver essas imagens!
    Como pode uma pessoa deixar um ser tão querido e inocente chegar a esse ponto? Que tipo de pessoa é essa meu Deus? E de cortar o coração esse tipo de maus tratos!

    ResponderExcluir